Alguns pacientes, principalmente jovens e adultos, adiam o tratamento da perda auditiva. Isso normalmente acontece porque esses pacientes têm vergonha de usar aparelhos auditivos.

Adiar o tratamento tem consequências sérias e, às vezes, irreversíveis. Mas, ao invés de apresentar essas consequências negativas, o objetivo deste texto é citar bons motivos para não ter vergonha de enfrentar a surdez da maneira certa!

Atualmente, os aparelhos auditivos são confortáveis, discretos, personalizáveis e potentes. Essas características representam boas razões para não adiar o uso dos dispositivos.

Aparelhos auditivos discretos e personalizáveis

Se você pesquisar sobre a evolução dos aparelhos auditivos vai ver como as “trombetas” do século XIX eram grandes e pesadas. Hoje, temos muito mais tecnologia em muito menos espaço.

Existem vários modelos de aparelhos auditivos e, seja qual for o indicado para o seu caso, todos são discretos. O tamanho, o formato e as cores são cuidadosamente pensados para o conforto do paciente. Não apenas conforto físico, mas também um conforto estético e social.

A começar da qualidade do som que é garantida por meio de tecnologias como Spatial Sense, otimizador ambiental binaural e comunicação ear-to-ear

Tudo isso garante equilíbrio excepcional na captação do som, proporcionando conversas nítidas ao usuário, que consegue se concentrar na fala do outro sem que haja prejuízo na percepção do som ambiente. 

Além disso, o material de que os aparelhos auditivos são feitos garante conforto, higiene e resistência

Os modelos personalizáveis oferecem ainda mais discrição já que podem ser fabricados de acordo com o formato da orelha do paciente. Algumas versões são chamadas invisíveis porque ficam no interior do canal auditivo e, por isso, é muito difícil enxergá-los.

Aparelhos auditivos potentes 

Apesar de o conforto, a estética e discrição de um aparelho auditivo serem aspectos importantes para o tratamento do paciente, a função desse dispositivo é fazer ouvir.

Por isso, a característica mais fundamental de um aparelho auditivo é sua capacidade e potência de captação, processamento e transmissão de som. Ouvir bem deve ser o objetivo número 1 de uma pessoa com perda auditiva. E, para ouvir bem, é necessário usar aparelhos auditivos.

Fazer o tratamento da maneira certa significa qualidade de vida! Poder participar de reuniões de trabalho, conversar pelo telefone, frequentar ambientes barulhentos com conforto, ter segurança e confiança em todas as atividades do dia a dia. E disso, você deve ter orgulho e não vergonha!

Chega de deixar sua qualidade de vida para depois! 

Pin It on Pinterest

Abrir chat
Atendimento por WhatsApp
Powered by