fbpx

Na situação de alerta global de saúde em decorrência da Covid-19 surgem inúmeras informações sobre os sintomas, assim como certas notícias falsas ou informações que não são totalmente claras, que fazem a população se perguntar se um determinado sintoma, como dor de ouvido, pode significar que você adquiriu o coronavírus.

Por outro lado, resfriados e gripes são comuns nesta época do ano e podem apresentar sintomas como dor ouvido, que às vezes são confundidos com os sintomas da Covid-19. Nesse sentido, a Organização Mundial da Saúde deu uma mensagem muito clara: Os sintomas do novo coronavírus são principalmente febre, tosse seca e cansaço. Alguns pacientes podem apresentar outros tipos de sintomas, como dor de garganta, congestão nasal, coriza e dores musculares.

Essa ampla gama de sintomas faz com que muitas pessoas se perguntem se uma dor de ouvido repentina pode significar que estão infectadas  pelo vírus Sars-Cov-2.  A princípio, não há evidências que o indiquem, uma vez que esse sintoma não está incluído no quadro mais comum da doença.

A dor de ouvido pode ter várias causas. Uma das mais frequentes é a otite. As infecções de orelha média são mais comuns nesta época do ano e referem-se à região atrás do tímpano. A otite média é bastante comum em crianças ou pacientes com alergias respiratórias, como rinite crônica, por exemplo. Em contraste, as otites externas são mais clássicas no verão e afetam o conduto auditivo externo.

Embora seja verdade que a dor de ouvido não seja considerada um dos sintomas do coronavírus, deve-se levar em consideração que o muco pode causar otite. Então, em caso de dúvida, é melhor consultar o seu médico. E se a dor de ouvido não diminuir ou estiver associada a outros sintomas, como supuração ou inflamação, é necessário procurar um otorrinolaringologista. Se for preciso ir ao hospital, lembre-se que é obrigatório o uso de máscaras.

Pin It on Pinterest

Abrir chat
Atendimento por WhatsApp